Revisão do carro em dia é sinônimo de economia

18 jan, 2018 por

Revisão do carro em dia é sinônimo de economia

Vários são os fatores que contribuem para a durabilidade e conservação do veículo. O dia a dia nas estradas e a correria para executar todos os compromissos agendados às vezes acabam por tirar a atenção dos motoristas quanto à manutenção necessária no carro. Palhetas do parabrisas, faróis, freios, óleo do motor, correia dentada, geometria e balanceamento são alguns dos itens que precisam estar em dia para garantir, além da melhor vida útil do carro, a segurança de condutores e passageiros nas estradas.

Uma revisão responsável, feita com calma e por profissionais qualificados garantem a tranquilidade da família na hora de viajar, principalmente no período de férias, com o fluxo maior nas rodovias. A troca de óleo é feita quando o carro atinge a quilometragem recomendada pelo fabricante ou a cada seis meses. Depois desse prazo, o óleo fica velho e pode prejudicar a bomba de óleo, que é a responsável por manter em dia a lubrificação do motor.

“É aquele velho ditado popular, o barato sai caro. Muitas pessoas deixam para trocar palhetas e pneus, por exemplo, quando estão muito ruins. Ai acontece de viajarem com chuva e colocarem em risco o sucesso do passeio e a segurança de todos os passageiros”, observa o mecânico com 45 anos de experiência, sócio da Oficina Mecânica e Autopeças Déco, Paulo César da Cunha. Por isso, é importante que os motoristas que planejam pegar a estrada nessa temporada agendem com antecedência a revisão no carro para garantir a tranquilidade e a segurança do início ao fim do passeio.

Confira algumas dicas abaixo:

  • Ao lavar o carro limpe também as palhetas com pano umedecido em água, nunca com querosene ou produtos químicos;
  • Troque as palhetas do parabrisas pelo menos uma vez ao ano;
  • Troque o filtro de óleo a cada troca de óleo;
  • Substitua o filtro do ar a cada 15/20 mil km rodados;
  • Ao lavar o motor do carro seque bem a região de contato dos cabos de ignição;
  • Troque as velas de ignição conforme recomendação da fabricante ou a cada 20/30 mil km rodados;
  • Velas com problemas provocam falhas no motor, aumento de consumo do combustível e emissão de poluentes;
  • Dê partidas curtas, entre 5 e 7 segundos; não deixe luzes e acessórios acesos quando o carro estiver desligado e faça um check-up na parte elétrica regularmente;
  • Verifique o nível do fluido de freio a cada 30 dias;
  • Evite sobrecarregar o veículo transportando peso acima do limite recomendado;
  • Evite fazer o carro “pegar no tranco”, pois a correia pode saltar;
  • Troque as correias a cada 40/60 km;
  • Verifique o nível da água do radiador uma vez por semana e somente adicione água com o motor ligado e frio;
  • Verifique sempre a validade do extintor e opte pelos de qualidade, da categoria ABC;
  • Calibre seus pneus semanalmente e quando for pegar a estrada com 2 libras a mais que o indicado; além disso, rodízios são necessários a cada 10 mil km;